Controladora de discos Areca – O que é e o que pode fazer por você?

Controladora de discos Areca – O que é e o que pode fazer por você?

Porque as grandes marcas como HP, Lenovo, IBM e Dell tem tanto medo dessa controladora?

Bom, já  vou adiantar que escolhi a  controladora mais simples da marca, então tenha em mente o que as mais avançadas podem fazer.

A Areca foi fundada há mais de vinte anos por um grupo de engenheiros com o objetivo principal de fornecer tecnologias de ponta e produtos da mais alta qualidade. Com anos de experiência que a Areca colocou em seus produtos, eles estão agora na vanguarda da indústria de armazenamento com soluções que vão desde adaptadores SATA e SAS RAID, HBAs, expansores e soluções Thunderbolt com os melhores indices de desempenho do mercado.

Você pode ver mais  Clicando Aqui

Com o lançamento de produtos SAS de terceira geração, a Areca oferece agora uma linha completa de adaptadores SAS 12G, incluindo o 1883ix-12/16/24 junto com o 1883LP, 1883x e a solução que estamos testando hoje, a controladora de 8 discos (mais simples da marca) o ARC 1883i. O 1883i é um controlador RAID SFF-8643 duplo com 2 GB de DRAM integrado com um RoC dual-core de 1,2 GHz.

Essa controladora sozinha é capaz de operar até 256 SSDs / HDDs SAS ou SATA de 12 Gb/s usando como Expander ou cascateamento. Nesse teste estamos com um setup padrão operando apenas até 8 discos Seagate Enterprise Capacity V4 .

Acima, temos as especificações da controladora ARC-1883i. Para começar, conforme mencionado acima na introdução, temos um RoC dual-core operando a 1,2 GHz. Além disso, a Areca projetou o adaptador RAID para usar uma interface PCIe 3.0 x8 oferecendo 7,8 GT / s de rendimento. 2 GB de conjuntos de DRAM DDR3 1866 integrados com suporte ECC. Os recursos RAID do 1883i incluem suporte para os modos 0, 1, 3, 5 e 6 junto com o suporte 10, 50 e 60.

Olhando para a controladora, temos as portas duplas SFF-8643 na extremidade direita com um dissipador de calor de alumínio e a ventoinha ao lado. À esquerda do PCB, temos conexões para a unidade de backup de bateria, vendida separadamente e também a porta de rede para controle remoto (sim essa controladora tem suporte a controle remoto completo via ethernet onde você pode configurar e acompanhar todos os parâmetros de configuração e operação independente do servidor ou sistema operacional).

 

abaixo, damos uma olhada mais de perto nas portas SAS.

A extremidade PCI do 1883i inclui uma porta LAN para acessar o gerenciamento do adaptador RAID.

O gerenciamento para a família Areca 1883i de controladores RAID pode ser acessado por meio do software McRAID ou da porta LAN integrada na parte traseira da placa.

Abaixo uma foto de uma tela com um servidor com mais HDs e volumes RAID

O menu lado esquerdo oferece diversas opções de configuração, monitoramento e criação dos conjuntos RAID junto com conjuntos de volume, criando discos pass-through com recursos de nível de sistema, incluindo gerenciamento de energia.

Olhando para os controles do sistema, opções para suporte NCQ, cache de leitura antecipada entre outros são disponibilizados. Perto do final desta lista, você também pode definir o suporte PCIe Gen 3.

As opções de gerenciamento avançado permitem que o usuário final defina o TLER, o número de novas tentativas junto com as otimizações para cada fornecedor de disco rígido.

Temos também as configurações de SNMP

Assistente rápido de configuração pra criação de RAID para que até mesmo os mais leigos possam por o sistema para operar, sem configurar manualmente as dezenas de parâmetros que a controladora permite que você controle manualmente

Configurações avançadas de operação

Um dos meus recursos favoritos são as configurações de alerta por e-mail que uma vez configurado a controladora vai fazer todos os reportes para o  e-mail indicado.

 

Desempenho RAID com ATTO

Para começar nossos testes do Areca 1883i, carregamos a placa RAID com oito discos rígidos SAS Seagate Enterprise Capacity v4 de 12 Gb/s.

No gráfico abaixo, temos nossos resultados para RAID 0 (raid zero)  começando com duas unidades até oito unidades. Duas unidades foram capazes de atingir 425 MB/s de leitura e 440 MB/s de gravação. Mudando para quatro unidades, atingimos um pico de 820 MB/s de leitura e 850 MB/s de gravação e, por último, oito unidades atingiram cerca de 1700 MB/s de leitura e 1800 MB/s de gravação.

 

Trocando para RAID 5 e 6 com quatro e oito drives, começamos com nossos resultados do array RAID 5 de quatro drives que acabou chegando a 600 MB/s de leitura e 650 MB/s de gravação. A adição de mais quatro unidades permitiu cerca de 1400 MB/s de leitura e 1400 MB/s de gravação.

Passando para o RAID 6, os resultados começam com nosso array de quatro drives a 400 MB/s de leitura e 400 MB/s de gravação, adicionando mais quatro drives ao nosso RAID 6, este array ultrapassou 1200 MB/s de leitura e gravação.

 

Levando as coisas para o próximo nível, construímos mais três arrays para teste. Isso inclui um RAID 10 de quatro unidades junto com um RAID 50 e RAID 60 de oito unidades.

Começando com o RAID 10, os resultados chegaram a um toque abaixo de 600 MB/s de leitura e um toque acima de 400 MB/s de gravação. Com o RAID 50, os resultados ultrapassaram 1200 MB/s de leitura e gravação, enquanto nosso RAID 60 oscilou em torno de 800 MB/s de leitura e 400 MB/s de gravação.

Benchmarks – cargas sequenciais

Nossa carga de trabalho de leitura / gravação sequencial é centrada em tamanhos de transferência de 128K.

Observando nossos resultados de teste sequenciais para nossos arrays RAID 0 (raid zero), descobrimos que o array de dois drives atingiu cerca de 450 MB/s de leitura, com resultados de gravação chegando perto de 500 MB/s.

Adicionando duas unidades para um total de quatro no RAID 0, o desempenho do array quase dobrou para até 850 – 900 MB/s de gravação com desempenho de leitura chegando a um toque acima de 800 MB/s. Adicionando mais quatro unidades, totalizando oito unidades, nossa matriz RAID 0 atingiu mais de 1650 MB/s de leitura e 1750 MB/s de gravação

 

 

Passando para nossos arrays RAID 5, 6 e 10, começamos primeiro com RAID 10 com quatro unidades alcançando pouco mais de 800 MB/s de leitura e 450 MB/s de gravação. O RAID 5 foi capaz de atingir o norte de 650 MB/s de gravação com desempenho de leitura chegando a 650 MB/s também. O RAID 6 foi muito próximo do RAID 10 com números de leitura chegando a 450 MB/s com gravação em torno de 430 MB/s.

Tocando no RAID 50, encontramos desempenho de leitura próximo a 1300 MB/s, com desempenho de gravação passando de 1300 MB/s a ​​1320 MB/s. O RAID 60 também foi bem, atingindo apenas 1000 MB/s de gravação, enquanto a leitura era pouco mais de 820 MB/s.

 

Benchmarks – cargas de SMB

No primeiro dos três gráficos abaixo, damos uma olhada em nosso desempenho RAID 0 de duas unidades com cargas de trabalho de 4K e SMB com profundidade de fila de até 256. Os resultados de pico para leitura e gravação de 4K chegaram em cerca de 1400 IOPS, enquanto o servidor Web chegou a 1100 IOPS

A adição de mais duas unidades de leitura e gravação aleatória saltou para 2900 IOPS de gravação e 2700 IOPS de leitura, enquanto o Web Server, Workstation e File Server também aumentaram, atingindo 2100 IOPS, 1400 IOPS e 1200 IOPS, respectivamente.

 

Oito drives aumentaram novamente o desempenho como deveria, com leitura aleatória atingindo 5300 IOPS com gravação tocando em 5500 IOPS.

 

Continuando, temos RAID 5 atingindo 2300 IOPS em leitura aleatória enquanto a gravação pairava em torno de 560 IOPS. As principais cargas de trabalho foram de servidor Web em 1700 IOPS com estação de trabalho em segundo em 780 IOPS. O RAID 6 começou com 2300 IOPS de leitura aleatória com gravação tocando 430 IOPS.

As cargas de trabalho mostraram 1700 IOPS para o servidor da Web mais uma vez, enquanto a estação de trabalho trouxe 630 IOPS. O RAID 10, por outro lado, foi um pouco mais uniforme com leitura e gravação aleatória chegando a 1600 IOPS e 1100 IOPS, respectivamente.

 

O RAID 50 começou com 5200 IOPS de leitura aleatória com gravação a 1400 IOPS. O Web Server mais uma vez foi a carga de trabalho mais rápida em 4000 IOPS com Workstation não muito atrás de 1700 IOPS.

Passando para o RAID 60, tocamos 5300 IOPS de leitura aleatória com 1300 IOPS de gravação aleatória. O Web Server novamente foi bastante rápido com 3900 IOPS, enquanto a Workstation e o File Server chegaram a 1500 e 1200 IOPS, respeitosamente.

 

 

Conclusão

O design “WEB GUI” com as inúmeras possibilidades de acesso as configurações, com o painel esquerdo oferece muitas opções para RAID e conjuntos de volume com algumas opções detalhadas para os entusiastas assim que gostam de mergulhar no gerenciamento avançado. A qualidade de construção e o design da Areca 1883isão ótimos; Fiquei satisfeito em ver que o dissipador de calor do RoC inclui sua própria ventoinha de resfriamento junto com a placa RAID que vem com cache DRAM integrado.

O desempenho da Areca 1883i com nossas oito unidades foi bastante bom bem acima da média que vemos no mercado, é claro, teria sido ainda melhor com unidades de SSD ou discos mais modernos. A taxa de transferência sequencial de pico com duas e quatro unidades chegou a 400 e 800 MB/s, enquanto oito unidades alcançaram sólidos 1800 MB/s. Com nossas cargas de trabalho RAID 0, fomos capazes de atingir 5.500 IOPS para leitura e gravação aleatórias enquanto o servidor Web e a estação de trabalho alcançaram mais de 3.000 IOPS.

Com o RAID 5, o desempenho sequencial atingiu mais de 1400 MB/s, enquanto o RAID 6 foi um pouco acima de 1200 MB/s. Em cargas de trabalho, descobrimos que o RAID 5 e 6 têm um desempenho muito bom com leitura aleatória de 2300 IOPS. Níveis de RAID mais altos com a Areca 1883i também foram capazes de funcionar muito bem com 5200 IOPS lidos aleatoriamente em RAID 50, com RAID 60 atingindo 3900 IOPS no servidor web.

Com o SAS de terceira geração no mercado há alguns anos, a 1883i é a solução básica da Areca. Com isso, você obtém muitos dos mesmos recursos encontrados em modelos de ponta, incluindo uma solução de gerenciamento sólida, juntamente com opções de nível de RAID mais alto, incluindo 50, 60 e 100, se desejar.

O desempenho desta placa é auxiliado pelos 2 GB de cache DRAM que está integrado nesta solução junto com sua interface PCIe 3.0 x8.

Agora imagina as versões mais quentes desta controladora, como a 1883x e a nova geração 1884 que apresenta valores superiores de desempenho.

 

Compartilhe